Sobre inovação e diminuição de risco

novação não se trata de diminuir budget, escopo ou tempo, mas com o momento e o quanto diminuímos riscos e incertezas

Em inovação, o importante não é medir se você está dentro do budget, escopo ou tempo. Em inovação e principalmente no momento da busca de inovação, é importante que você tenha em mente como diminuir riscos e incertezas de novas ideias de negócio antes de investir grande em escala. E isso não é fácil de se fazer. Eu trabalho na Sympla que é uma empresa da Movile. Na Movile, temos um conceito que tenta trazer esse espírito de experimentação para produtos e projetos. Chamamos essas iniciativas de Jetskis. O Fabrício (fundador da Movile e agora CEO do iFood) falou um pouco sobre isso esses dias. Essa ideia não é totalmente nova, mas consegue materializar bastante bem a dinâmica de criação e validação de hipóteses de uma maneira bem rápida.

Tipos e inovação

Assim como estratégia, inovação é algo difícil de definir. Existem diversas definições pelo mercado. E é difícil de definir porque não existe um tipo só de inovação. Inovação está mais ligada a fases ou momentos do negócio do que algo que pode ser materializado ou seguido passo a passo. Isso não acontece porque as empresas são diferentes e atuam de formas diferentes, mesmo que os mercados sejam os mesmos.

Eu gosto bastante dessa Matriz que o Greg Satell montou para organizar um pouco melhor os tipos/momentos de inovação de uma empresa:

Diferentes tipos de inovações necessitam de diferentes tipos de skills, recursos, investimentos e especialidades. Além disso, algumas inovações, para darem certo, requerem que alguns times e partes da empresa trabalhem de maneira mais solta, flexível, sem grandes pressões por resultados.

Ainda seguindo este mote de dividir inovação em momentos, eu adoro a forma como o Clayton Christensen divide a inovação em três tipos:

  • Transformative é a inovação mais difícil de acontecer, pois envolve explorar oportunidades e hipóteses fora da área de atuação core da empresa. Para tentar esse tipo de inovação, a empresa precisa investir não apenas em times e novas áreas da empresa, mas também em uma nova lógica de pensamento de operar e principalmente em uma mudança de modelo de negócio. Contudo, esse tipo de inovação direciona a empresa para uma posição de visão de mais longo prazo;

Esse conteúdo é para pessoas que assinam o portal

Como assinante você tem acesso à todos os conteúdos exlusivos, sessões de Q&As com os autores, palestras e outros benefícios. É bem rapidinho para assinar e nunca vamos te mandar spam.




Já é assinante? Entre aqui.

Você sabia que temos conteúdos exclusivos para assinantes do portal?

Além de ter acesso ilimitado a todos os conteúdos, você também pode participar de palestras exclusivas, sessões de Q&A, mentorias em grupo e acesso à descontos em cursos. E claro, assinando você nos ajuda a manter o projeto e aumentar a nossa produção de conteúdo.

Você pode assinar clicando aqui

Inscreva-se Product Oversee

Textos todas às quartas 7h45 na sua caixa de entrada.
Inscreva-se grátis