Photo by <a href=Joshua Golde / Unsplash">
Photo by Joshua Golde / Unsplash

Opinião: a glamourização do Product Manager

As pessoas querem poder. Elas querem decidir as coisas. Ser PM é um caminho fácil, mas mentiroso, de conseguir isso

Eu virei Product Manager porque eu via vários Product Managers usando seu “poder” da forma errada. Eu ficava embasbacado como eles não conseguiam enxergar as possibilidades do próprio produto e não usavam de maneira eficaz a autonomia que eles tinham na empresa. Eu achava que poderia fazer melhor. E deixando a modéstia de lado, sim, consegui fazer melhor, mas exercer o papel não foi nada do que eu havia pensado que seria.

Eu achava que sendo um Product Manager eu poderia decidir as coisas. Mentira. Eu achava que eu poderia ser dono do produto. Mentira. Eu achava que poderia ter a liberdade de criar um roadmap. Mentira. Essas e outras fantasias foram destruídas durante a minha jornada de amadurecimento nessa carreira e eu percebi que ser Product Manager é, em muitos momentos, apenas aquele boneco que leva porrada de todos os lados.

Esse conteúdo é para pessoas que assinam o portal

Como assinante de um de nossos planos pagos você tem acesso à todos os conteúdos exclusivos, sessões de Q&As com os autores, palestras e outros benefícios. É bem rapidinho para assinar e nunca vamos te mandar spam.




Já é assinante? Você pode entrar aqui.

Você sabia que temos conteúdos exclusivos para assinantes do portal?

Além de ter acesso ilimitado a todos os conteúdos, você também pode participar de palestras exclusivas, sessões de Q&A, mentorias em grupo e acesso à descontos em cursos. E claro, assinando você nos ajuda a manter o projeto e aumentar a nossa produção de conteúdo.

Você pode assinar clicando aqui

Inscreva-se no Product Oversee

Textos todas às quartas 7h45 na sua caixa de entrada.
Inscreva-se grátis