O canvas da proposta de valor

Tenha o controle das suas decisões sobre o produto

Quando uma empresa resolve vender um produto ou serviço, ela está de fato tentando fazer com que um ou mais públicos alvo enxerguem valor naquilo que ela está vendendo e com isso, ganhe dinheiro e seja lucrativa no tempo.

É por isso então que falamos de proposta de valor o tempo todo. Porque realmente é isso que estamos fazendo, uma proposta para as pessoas. Estamos propondo para elas que com nosso produto ou serviço, elas vão conseguir fazer o que querem ou precisam com uma boa experiência.

Conseguir fazer o que elas querem ou precisam é o que chamamos de valor. Em outras palavras, valor é capacitar as pessoas a fazerem o que elas querem ou precisam fazer. Uma proposta de valor pode servir para vários públicos alvo, contanto que eles tenham as mesmas dores.

É sobre tarefas, dores e ganhos

Nenhum produto vai capacitar as pessoas a fazer tudo o que elas querem ou precisam. Já imaginou uma torradeira de pão que também faz pagamentos online e aspira o chão? É por isso que é importante que a proposta de valor seja direcionada pensando nas tarefas que vamos nos propor a capacitar as pessoas.

Se pegarmos o exemplo da torradeira, sabemos que uma pessoa, ao comprar um item desses, quer torrar um pão de maneira mais fácil do que fazer isso numa frigideira ou no forno e que, certamente, não quer um pão queimado.

Se você perceber, a pessoa quer fazer algo (torrar o pão), sem sentir dor (o pão queimar) e com um ganho (que seja fácil). Tarefas, dores e ganhos são a base para qualquer proposta de valor em qualquer mercado.

Conseguir entender bem esses três elementos é que o vai te ajudar a tomar melhores decisões sobre como sua proposta de valor e seus produtos devem ser e nada melhor que um canvas para nos ajudar a organizar as nossas informações, não é mesmo?

O canvas da proposta de valor

Uma ótima ferramenta para entender quais são as tarefas, as dores e expectativas que seus usuários têm é o Canvas da proposta de valor.

Esse canvas é de autoria do pessoal da Strategyzer e nos permite fazer um encaixe entre um público alvo e nossa proposta de valor. Eu sempre uso esse Canvas. Sempre que chego numa empresa, a primeira coisa que eu faço é criá-los para que pelo menos eu consiga ter um conhecimento balizado sobre o público alvo que a empresa que eu estou atende.

Basicamente o canvas está dividido em duas partes: Perfil do cliente e Mapa de Valor. Primeiro vou explicar cada uma delas e depois dar um exemplo prático de como preencher o canvas.

Perfil do cliente

Esse conteúdo é para pessoas que assinam o portal

Como assinante você tem acesso à todos os conteúdos exlusivos, sessões de Q&As com os autores, palestras e outros benefícios. É bem rapidinho para assinar e nunca vamos te mandar spam.




Já é assinante? Entre aqui.

Você sabia que temos conteúdos exclusivos para assinantes do portal?

Além de ter acesso ilimitado a todos os conteúdos, você também pode participar de palestras exclusivas, sessões de Q&A, mentorias em grupo e acesso à descontos em cursos. E claro, assinando você nos ajuda a manter o projeto e aumentar a nossa produção de conteúdo.

Você pode assinar clicando aqui

Inscreva-se Product Oversee

Textos todas às quartas 7h45 na sua caixa de entrada.
Inscreva-se grátis