Um ano de área de Produtos: a minha gratidão e o meu maior aprendizado

Eu quero ser melhor do que eu fui ontem, não estou aqui para ser melhor do que ninguém.

Já faz um ano e vinte e um dias que iniciei minha carreira na área de produtos e gostaria de separar um momento para contar sobre como fiz minha transição e dar alguns detalhes de como foi esse primeiro ano. Costumo dizer que eu gosto de compartilhar tudo que “doeu” pra mim e que eu tive que dedicar muitos esforços para sair do zero, a ideia é facilitar o caminho para que você consiga alcançar seus objetivos sabendo que não está sozinho neste mundo de produtos.

O racional é o mesmo da ciência, quando um(a) cientista desenvolve uma tese, teoria ou Lei como aconteceu com Newton, ele dedicou anos de sua vida para aquilo e agora outras pessoas podem usar disso para descobrir, inventar e alcançar objetivos maiores. É um ciclo virtuoso da evolução da sociedade, sacou?

Inclusive, eu penso que isso, muito tem a ver com uma frase que ouvi no @podpah esses dias citada por Pedro Scooby, ex-BBB (me julguem, rs), e eu me identifiquei demais, diz mais ou menos assim:

“Eu quero ser melhor do que eu fui ontem, não estou aqui para ser melhor do que ninguém”

É isso.

Bom, sobre esse um ano, eu posso dizer que eu me sinto extremamente feliz por ter feito esse movimento na carreira, me sinto extremamente realizado e com a certeza de que fiz a coisa certa. Inclusive, por vezes eu ficava me perguntando por que eu fiz duas faculdades “tão diferentes”, uma em Tecnologia em Design de Produto e a outra em Engenharia Elétrica. O ponto, é que isso diz muito sobre eu estar na carreira de produtos, talvez lá atrás eu já gostava de navegar entre campos muito técnicos e outros mais voltados a experiência, comportamento humano e negócios. Querendo ou não, em produtos você tem que interfacear entre diversas áreas, conforme a literatura, entre UX, Tech e Negócios. Mas esse é um papo pra outra hora.

Sou muito grato pela oportunidade que tive, só tenho a agradecer as pessoas que confiaram em mim, jamais me esquecerei delas, muito grato também pelos amigos que fiz e pude me espelhar ou ainda dividir desafios. Muito grato pelos novos desafios e pessoas que estão comigo na caminhada. Gratidão mesmo.

Nesse um ano, tenho várias coisas que eu poderia compartilhar para ajudar alguém na sua caminhada na área de produtos, mas como comentei no início do texto, quero escrever textos separados sobre isso (se for ajudar alguém). Nesse texto quero falar da minha maior lição.

Na área de produtos, por sermos “generalistas”, temos a oportunidade de desenvolver inúmeras Hard Skills, aliás, em termos de aprendizado, temos inúmeras técnicas e ferramentas que podemos aprender e desenvolver: pesquisa, testes, UX/UI, Design Sprint, Design Thinking, análise de dados, negócios, BCG, CSD, SWOT, validation board, MVP, Kanban, Scrum, OKR, linguagens de programação, arquitetura de software e por aí vai, daria para elencar inúmeras aqui.

Mas para mim, a área de produtos é muito mais do que isso, a área de produtos é sobre Soft Skills, é sobre quem você é, sobre o que você faz, sobre como você se coloca para as pessoas, é como você se coloca para ajudar as áreas que você faz interface para alcançar os objetivos de negócio, afinal, o que mais dizem por aí não é que “negócios são feitos de pessoas”?

O pensamento, para mim, é que essas habilidades vão te preparar e te dar muito mais visão sobre o contexto do seu produto.

Muitas vezes, a pessoa é atraída pela área de produtos pelo “glamour de ser o protagonista”, não quero “spoilar” ninguém, mas você não é protagonista, bom…na verdade, mais ou menos… vou explicar melhor.

A pessoa de produtos, na minha visão, é tipo um líder, que dá protagonismo para os liderados nas coisas boas e se joga na frente do time para responder sobre os problemas, ou seja, você como pessoa de produto, tem que saber reconhecer que as ideias não são apenas suas, afinal você falou com diversas áreas para conceber algo: time de suporte, SAC, NPS, CS, Clientes, Devs, Mkt, Comercial e etc. Seria muito injusto você levar os créditos sozinho, não é mesmo?

Na minha visão, o seu protagonismo irá acontecer em meio às crises e aos desafios (ou problemas) do dia a dia, pois são nestes momentos que as pessoas irão se apoiar em você para sanar dúvidas, mediar situações de conflitos com clientes, blindar o time de Devs e gerenciar expectativas. Em outras palavras, são nestes momentos que você deverá tomar a frente e ajudar as pessoas, dar ouvidos a elas e estender a mão.

Por fim, se me cabe aconselhar alguém ou se pelo menos eu puder compartilhar meu aprendizado, seria assim:

  • Tenha uma escuta ativa, costumo sempre dizer para as pessoas: “eu não vou conseguir resolver tudo o que me é pedido, mas eu estou disposto a ouvir”;
  • Tenha um bom relacionamento com todos, mas não esquecendo de ser estratégico e objetivo, tente sair de uma conversa sempre com ações e objetivos a serem alcançados;
  • Ligue os pontos, você vai ouvir muita coisa, ler muita coisa, olhar pra muitos problemas e contextos, por isso, esteja apto a fazer conexões, fazer links entre as coisas ajuda muito, pois assim você consegue otimizar seus estudos, priorizações e ajudar na vazão (só tome cuidado para não linkar coisas demais);
  • Seja claro na sua comunicação, não prometa o que não vai fazer, mas não ignore as pessoas e tente sempre passar a visão de produtos para que elas entendam o por que das coisas;
  • Fundamente suas decisões, pois com uma decisão bem fundamentada, mesmo ela não sendo a melhor, você conseguirá justificá-la;

Desse um ano, tive muitos aprendizados e com certeza tenho muito a aprender, o que eu escrevi acima, pode ser que não sirva pra todo mundo, pode ser que algumas pessoas discordem e pode ser que não seja uma verdade absoluta, mas se eu puder ajudar alguém, vou ficar muito feliz.

Você sabia que temos conteúdos exclusivos para assinantes do portal?

Além de ter acesso ilimitado a todos os conteúdos, você também pode participar de palestras exclusivas, sessões de Q&A, mentorias em grupo e acesso à descontos em cursos. E claro, assinando você nos ajuda a manter o projeto e aumentar a nossa produção de conteúdo.

Você pode assinar clicando aqui

Inscreva-se Product Oversee

Textos todas às quartas 7h45 na sua caixa de entrada.
Inscreva-se grátis