O que o filme "Perdido em Marte" pode nos ensinar sobre Produto?

Resiliência e teste constante são duas características que serve para sobreviver em marte e para construir produtos.

Há um tempo eu e minha amada estávamos conversando sobre mercado, carreira e inovações. Sempre conversamos muito sobre o assunto dividindo experiências para que um ajude o outro e no meio destas conversas surgiram alguns filmes que nos trazem uma visão muito interessante sobre esses temas.

Neste momento gostaria de dividir com vocês alguns insights que surgiram inspirados em um grande filme que para mim é simplesmente fantástico, “Perdido em Marte”.

Este filme conta a história do astronauta Mark Watney (Matt Damon) que é enviado a uma missão em Marte. Após uma severa tempestade ele é considerado morto, abandonado pelos colegas e acorda sozinho no misterioso planeta com escassos suprimentos, sem saber como reencontrar os companheiros ou retornar à Terra.

Sempre fui muito fã do assunto já que desde muito novo me interessei por astronomia. Me fascina saber o que o ser humano consegue fazer na busca do desconhecido para responder perguntas complexas e para saber o porquê das coisas, mas não falaremos sobre isso.

Hoje estou aqui para compartilhar algumas mensagens do filme que para mim, fizeram muito sentido e tem tudo a ver com a nossa rotina em produto. Sem spoilers para aqueles que ainda não assistiram, vamos para as minhas percepções:

Resiliência

Hoje vemos como ser resiliente é algo fundamental. Também gosto de pensar em um sinônimo interessante para esta característica que é o famoso “ser articulado” ou “desenrolado”. Esta é uma característica muito exigida hoje em dia, pois o mercado deseja que sejamos extremamente adaptáveis para enfrentarmos as adversidades e desafios que surgem para gerenciarmos a expectativa dos stakeholders. Pessoas com esta característica sempre evoluem diante de situações adversas, é inspirador o que ocorre no filme sobre como a resiliência e persistência fazem com que o protagonista pense em soluções para sobreviver, e para avisar a NASA de que ele está sozinho em um planeta.

Levando estes momentos do filme para a nossa rotina, temos exemplos espetaculares que, mesmo diante de todas as adversidades e diante diversos problemas, nós vemos como é importante manter o otimismo, conhecer muito bem suas capacidades, analisar todos os cenários e aprender com os erros para corrigir rápido.

Jamais deixe de testar

Em diversos momentos do filme nós vemos as grandes mentes da NASA discutindo formas de ajudar o astronauta perdido e principalmente em como mantê-lo vivo com suprimentos limitados. Neste momento percebemos o quanto a fase de testes é essencial.

Transportando este momento para a nossa rotina, imagine que o seu time está prestes a fazer uma grande entrega e obviamente precisam verificar a opinião dos clientes e stakeholders envolvidos, fazer pesquisas, colher dados, analisar os indicadores, mas diante da pressão de acionistas, sponsors, sócios e qualquer outro stakeholder para lançar o produto pensando no rápido retorno do que foi investido, nós podemos lançar uma verdadeira bomba fazendo com o que tudo que foi construído vá por água abaixo.

Claro que o fracasso é importante para sabermos o que não deve ser feito e aprendermos rápido, mas esse risco sempre deve ser mitigado.

A história retratada no filme é uma ficção, mas podemos ver exatamente como é crucial fazer as adaptações com o que foi identificado na fase de testes. É um risco muito grande inserir o produto/serviço no mercado sem esta etapa crucial. Afinal, o risco de perdermos clientes e manchar nossa reputação é altíssimo.

O produto/serviço pode e deve sofrer alterações no momento do seu desenvolvimento. Quanto mais rápido um problema for identificado, consequentemente será corrigido de forma mais ágil poupando tempo e verba. Este é um ponto crucial já que quanto mais rápido um problema é corrigido, menor será o custo e esforço para esta correção.

A mensagem para este tema é: Teste e valide sempre. Escute as pessoas envolvidas, troque ideias com a equipe para que os problemas sejam identificados em momentos em que a correção seja rápida e, consequentemente, barata.

Se você já assistiu, comente aqui as suas análises e percepções. Se não assistiu, ah por favor assista.

Um abraço e até as próximas reflexões.

Você sabia que temos conteúdos exclusivos para assinantes do portal?

Além de ter acesso ilimitado a todos os conteúdos, você também pode participar de palestras exclusivas, sessões de Q&A, mentorias em grupo e acesso à descontos em cursos. E claro, assinando você nos ajuda a manter o projeto e aumentar a nossa produção de conteúdo.

Você pode assinar clicando aqui

Inscreva-se Product Oversee

Textos todas às quartas 7h45 na sua caixa de entrada.
Inscreva-se grátis