Como o livro Product Roadmap Relaunched pode te ajudar no dia a dia como PM

Se você está há pouco tempo na profissão e tem se perguntando, qual a melhor forma de criar e/ou estruturar seu roadmap,esse artigo pode ser útil.

Acredito, que na hora de planejar o roadmap, algumas dúvidas podem surgir: como alinhar com os objetivos estratégicos da empresa? Como comunicar de maneira clara a direção que o produto está indo? Como dar visibilidade para stakeholders?

Por isso, ao fazer a leitura do livro Product Roadmap Relaunched, entendi que tem pilares fundamentais nesse processo.

Na minha visão, um dos principais desafios como PM, é conseguir conectar diferentes contextos, caminhando a estratégia para a mesma direção: como desenvolver produtos gerando valor para usuário e, ao mesmo tempo para a companhia? Além de tudo, qual a melhor forma de comunicar para diferentes stakeholders a direção que o produto está indo?

Dizem, que qualquer problema que você está passando, alguém já passou por um igual e escreveu um livro sobre isso.

Pensando nisso, resolvi trazer um pequeno resumo dos 04 primeiros capítulos do livro, reunindo o que é considerado pelo autor, necessário, durante essa construção.

Começando pelo capítulo 01, esses três tópicos, conseguem sintetizar muito bem o que um Roadmap precisa ter (tradução livre):

● Inserir os planos da organização em um contexto estratégico;

● Focar em entregar valor para os usuários e Organização;

●Abraçar o aprendizado como uma parte bem-sucedida no processo de desenvolvimento de produto;

Como pode ajudar no dia a dia de produto? Primeiro, é válido perguntar se você está respeitando esses três tópicos. Em seguida, pense em conectar bem o Roadmap à estratégia da companhia, considerando a entrega de valor que pode gerar tanto para o usuário como para a organização. Ter isso em mente, ajuda também a fazer as devidas priorizações.

Seguindo para o capítulo 02, o autor descreve o que seriam componentes primários de um Roadmap, conforme a imagem abaixo:

Começando pela Visão de produto — Tradução Livre

“Independente se é chamado como: missão, visão ou propósito, organizações, normalmente tem princípios que orientam em direção a North Star [Metrics]. Pensamos em uma visão de produto, como um tipo de cliente que irá se beneficiar do seu produto e ficará totalmente realizado e onipresente”.

Objetivos de Negócio — Ajuda você a medir progresso

Quais metas seu produto está tentando alcançar? O que será mensurado diferente para a companhia? Essas, são perguntas poderosas que ajudará a explicar o porquê do seu roadmap em termos concretos e deixar os stakeholders empolgados sobre o futuro”.

Prazo/ Linha de Tempo:

“Uma visão macro como: calendário trimestral ou o roadmap: Now, Next and Later, fornecem orientação enquanto preserva flexibilidade. Em todo caso, o objetivo é comunicar o que é importante agora e o que pode esperar um pouco”.

Temas: Foco dos temas em Outcomes em vez de Outputs

Fazendo a seguinte pergunta: O que precisaria ser verdade para o produto realizar sua visão e atingir os objetivos de negócio”? É a melhor forma de organizar o trabalho e os entregáveis do time. Expressar temas como necessidades dos clientes ou problemas e desenvolvimento de soluções (features e funções).

Disclaimer

“Isto protege você de ser acusado por quebrar promessas. Também protege seu cliente/consumidor, deixando claro que mudança é possível e até mesmo provável”.

Bônus

Componentes secundários do Roadmap para responder às preocupações de alguns stakeholders:

· Features e Soluções;

· Confiança;

· Estágio de desenvolvimento;

· Público-Alvo

· Áreas envolvidas;

Informações complementares para fornecer contexto para seu roadmap:

· Informações do projeto;

· Considerações da plataforma;

· Contexto financeiro;

· Drivers externos;

Como pode ajudar no dia a dia de produto? Agrupando em temas e iniciativas,  que permitem inserir o produto em um contexto estratégico. Fazendo perguntas como: estou mexendo nos ponteiros? O que está no meu roadmapsão entregas que tem menor esforço versusmaior entrega de valor? O que está no roadmap,o time está confiante sobre essas entregas? Com isso, é necessário saber quais metas a empresa pretende atingir e como o seu produto pode ajudar a alcançar.

No capítulo 03, o autor discorre que é necessário entender a fase do seu produto, para ser possível tomar boas decisões. Nesse caso, é importante estar sempre atualizado sobre o contexto inserido. Isso, vai evitar que se tome decisões baseadas em suposições e sejam cometidos equívocos a respeito do produto.

Com isso, as fases de acordo com autor são as seguintes:

· Novo;

· Crescimento;

· Expansão;

· Colheita/ Vaca Leiteira;

· Final da vida;

Como pode ajudar no dia a dia de produto? Avaliar qual é o momento do seu produto e o ecossistema inserido. Uma ferramenta útil, é o business model canva.

No capítulo 04 o autor fala sobre estabelecer o “Por que” com visão de produto e estratégia. Para facilitar, irei dividir em 03 tópicos:

Diferença entre missão, visão e valores:

Missão: é o propósito que levará você, alcançar a visão. Podendo ser dividido em 04 elementos-chave: valor, inspiração, plausibilidade e especificidade;

A Visão, ajuda a deixar mais claro o “por que” trazer um produto para o mercado e o que o sucesso irá significar para o mundo e para a organização;

Já os valores, estão mais relacionados a ideais e crenças. Também serve para guiar comportamentos.

Como criar e comunicar a sua visão de produto:

Aqui, trago um exemplo prático de como você pode treinar com seu produto, preenchendo com as informações dele. Talvez, isso contribua para dar uma maior visibilidade dos objetivos que o seu produto quer atingir.

Para: [Público-alvo];

Quem: [Necessidades do público-alvo]

O(a): [Nome do Produto]

É um(a): [Categoria do Produto]

Que: [Benefícios do Produto/Razão de comprar];

Ao contrário de/do [concorrentes]

Nosso produto [Diferenciais]

Como desenvolver uma estratégia para alcançar a visão de produto:

A estratégia do produto é a ponte que conecta a estratégia de alto-nível às especificidades do produto. Para muitas empresas, a estratégia de produto é a principal contribuição, de um modo geral, da estratégia da empresa”.

Fazer o desenho da estratégia ao mesmo tempo que conecta com métricas é um passo dessa jornada.

Seguindo nesse contexto, é preciso definir as métricas do negócio — É necessário identificar os objetivos que irão amarrar a visão, o que é fundamental, para essa visão se tornar realidade.(Tradução Livre). Com isso, aqui vai um guia, de itens que estão dentro de OKRs de empresas como: Uber, Linkedin e Google:

· Tudo que tem no roadmap precisa estar atado a pelo menos um dos objetivos;

· Gerenciar o número de objetivos. Cinco, foi o número que se mostrou mais eficiente. (vale avaliar o contexto de cada um);

· Focar em Outcomes em vez de Outputs;

Como pode ajudar no dia a dia de produto? Verificar se o seu roadmap está amarrado à estratégia da companhia e objetivos do negócio. Além de tudo, é necessário detectar se é mensurável. Reavaliar se está comunicando da melhor forma e identificar oportunidades relacionadas a garantir que existe uma estratégia bem definida e clara.

Bônus

Top 10 objetivos universais. Deixo essa tabelinha abaixo para que você analise se pode retirar algum insight para o seu produto.

Espero que essas dicas possam ajudar você com seu Roadmap 😊

REFERÊNCIAS

Livro: Product Roadmap Relaunched: How to Set Direction While Embracing Uncertainty — C. Todd Lombardo, Bruce McCarthy, Evan Ryan, Michael Connors

Você sabia que temos conteúdos exclusivos para assinantes do portal?

Além de ter acesso ilimitado a todos os conteúdos, você também pode participar de palestras exclusivas, sessões de Q&A, mentorias em grupo e acesso à descontos em cursos. E claro, assinando você nos ajuda a manter o projeto e aumentar a nossa produção de conteúdo.

Você pode assinar clicando aqui

Inscreva-se Product Oversee

Textos todas às quartas 7h45 na sua caixa de entrada.
Inscreva-se grátis