Como dizer não aos stakeholders

O que a experiência do dia a dia me mostrou

Se você atua como Product Manager ou Product Owner, sabe que essa é uma situação rotineira da função. Na verdade, não precisa ser de produto para passar por essa circunstância, basta estar em uma posição estratégica. Inclusive, se você está na fase de transição de carreira, saiba que os recrutadores costumam fazer essa pergunta durante a entrevista, para avaliar o seu comportamento.

Isso porque, refrescando o conceito de stakehoders, existem muitas pessoas interessadas pelo sucesso do produto, projeto e/ou organização. Diante disso,  é normal que surjam muitas ideias “incríveis”, de todos os lados, com as melhores intenções, tenho certeza, ou prefiro pensar assim.

Mas não é viável mudar a estratégia todas as vezes que alguém surja com uma nova ideia, ou pedido, pelo menos não na maioria das vezes. E como esse “alguém” pode ser o CEO da empresa, ou um cliente com um ticket alto, é necessário ser habilidoso nessas situações, para não abalar relações estratégicas (e não se prejudicar profissionalmente também).

Então, vamos ao que interessa, separei algumas dicas que vão ajudar nessas situações, com base na minha experiência e também em alguns artigos dos grandes nomes de produto. Porém isso não é um playbook, apenas dicas de como agir nesses contextos.

Dica 1: Pratique a escuta ativa, mostre-se verdadeiramente interessado em entender a ideia do seu stakeholder, utilize expressões como: Me ajude a compreender seu ponto de vista. Não o interrompa, deixe que ele conclua o raciocínio dele. Mesmo que a ideia não tenha fundamento, quando você disser não,  o peso será menor, porque a maioria das pessoas querem apenas serem ouvidas.

Dica 2: Peça que o seu Stakeholder, ilustre ou apresente por escrito a ideia dele, isso fará com que ele pense mais a respeito sobre ela, amarre as pontas e reflita se de fato faz sentido. Muitos têm apenas ideias soltas, e quando questionamos algum ponto, não sabem responder. No fim das contas, com essa ação, o próprio Stakeholder ao ter que colocar no papel, pode entender que sua ideia não faz sentido, pelo menos não naquele momento ou escopo. E você se poupará de dizer isso a ele! (haha)

Dica 3: Faça a seguinte pergunta ao seu Stakeholder: Qual problema essa solução resolve? Assim como a dica anterior, essa ação fará com que ele reflita sobre a ideia, e com isso poderá encontrar por si só a resposta, lhe poupando mais uma vez de dizer o não. Além disso, reforçará o mindset de Produto, se apaixone pelo problema, não pela solução.

Dica 4: Se o seu Stakeholder passou pelas etapas das dicas anteriores, mas mesmo assim, a solução que ele apresentou não pode ser incluída no roadmap ou priorizada no momento, mostre dados que refletem essa decisão. Reforce o contexto e o porquê de seguir esse caminho, sempre atrelado a fatos e não a vieses. Essas ações tornarão esse momento mais leve, porque você estará compartilhando informações embasadas, que talvez ele não tivesse conhecimento antes de propor essa nova solução.

Entendo que mesmo com todas essas dicas, ter que dizer não, é sempre uma situação delicada. Mas o objetivo desse artigo é tirar de alguma forma o peso que esses momentos possam trazer para você, principalmente se não tiver muita experiência com eles.

No fim, não é sobre apontar para o outro o que é certo ou errado para o momento, é sobre   ouvir e ser ouvido. Essa é a melhor solução e sempre será prioridade no seu roadmap.

Você sabia que temos conteúdos exclusivos para assinantes do portal?

Além de ter acesso ilimitado a todos os conteúdos, você também pode participar de palestras exclusivas, sessões de Q&A, mentorias em grupo e acesso à descontos em cursos. E claro, assinando você nos ajuda a manter o projeto e aumentar a nossa produção de conteúdo.

Você pode assinar clicando aqui

Inscreva-se Product Oversee

Textos todas às quartas 7h45 na sua caixa de entrada.
Inscreva-se grátis