Estratégia de negócio e produto do Spotify

Entendendo um pouco do negócio do Spotify e o que eles planejam pro futuro.

Navegação rápida para os tópicos do artigo:


Introdução

Para que Product Managers desdobrem a estratégia por meio do produto e consigam realmente causar impacto e resultados para a empresa, é necessário conhecer a estratégia da empresa. E quando falamos sobre estratégia, eu adoro utilizar um framework desenvolvido pelo Roger Martin, muito simples, mas bem eficiente, chamado Strategy Choice Cascade. Se você conseguir responder todas as perguntas dessa cascata de escolhas, você consegue ter um nível alto de conhecimento sobre a estratégia da empresa.

O exercício que fiz aqui, foi tentar responder às três primeiras perguntas dessa cascata de escolhas, dado que as duas últimas dependem muito de conhecer internamente como a empresa funciona.

A aspiração vencedora: plataforma criativa

O Spotify trabalha em um mercado que por si só já é inspirador. A música faz parte da vida das pessoas elas gostando de música ou não, tendo ou não uma banda, ou um artista predileto. A música é uma das poucas coisas que consegue estar presente em diversos momentos da vida.

A aspiração vencedora do Spotify é:

Our mission is to unlock the potential of human creativity—by giving a million creative artists the opportunity to live off their art and billions of fans the opportunity to enjoy and be inspired by it.

Veja bem: não há a palavra música aí. Isso quer dizer que a missão do Spotify é bastante abrangente e envolve primeiramente a criatividade humana. Isso é muito interessante, porque para mim, pessoalmente, isso se parece com uma Causa Justa.

O Spotify deixa claro que seu impacto é direcionado para bilhões de pessoas. Não apenas para ouvintes, mas também para artistas e pessoas que queiram expressar sua criatividade e principalmente, viver da sua própria arte.

E para desbloquear esse potencial de criatividade humana, eles buscam ser uma das principais plataformas criativas no mundo. Claramente o Spotify não é uma plataforma genérica, mas focada no segmento de áudio. Por enquanto.

Embora o Spotify tenha começado com música e ainda essa seja sua principal atuação, eles estão abrindo mais possibilidades. O que nos leva para o próximo tópico: em que campo eles estão jogando?

Esse conteúdo é para pessoas que assinam o portal

Como assinante você tem acesso à todos os conteúdos exlusivos, sessões de Q&As com os autores, palestras e outros benefícios. É bem rapidinho para assinar e nunca vamos te mandar spam.




Já é assinante? Entre aqui.

Você sabia que temos conteúdos exclusivos para assinantes do portal?

Além de ter acesso ilimitado a todos os conteúdos, você também pode participar de palestras exclusivas, sessões de Q&A, mentorias em grupo e acesso à descontos em cursos. E claro, assinando você nos ajuda a manter o projeto e aumentar a nossa produção de conteúdo.

Você pode assinar clicando aqui

Inscreva-se Product Oversee

Textos todas às quartas 7h45 na sua caixa de entrada.
Inscreva-se grátis